Patrocinado
Executores de animes comentam sobre o modelo da Netflix

Executivos de anime relatam os prós e contras do modelo da Netflix

Desde já, o anime é algo que está em constante mudança que requisita os executivos uma melhor flexibilidade. Recentemente, novos usuários entraram na arena, como Crunchyroll, com seus originais de sucesso, e o mesmo vale para a plataforma da Netflix. Contudo, um relatório do Japão recomenda a desconfiança dos executivos de anime em relação à líder em streaming global.

Patrocinado

Acima de tudo, o relatório é de Tokyo Keizai, quando o portal de notícias online entrevistou algumas cabeças anônimos de estúdios no Japão. Então, os especialistas em anime foram indagados sobre o que sentiam a respeito do modelo da Netflix para produção de anime, e os resultados foram muito confusos. Embora admita que muitas coisas devem ser celebradas com a Netflix, o site tem práticas que fogem da indústria.

Conforme um entrevistado, eles relataram que um anime de sucesso é uma vitória para a Netflix, ao tempo que um fracasso é um sucesso para o estúdio de desenvolvimento que fez o programa. Isso decorre porque a plataforma faz a negociação da compra imediata dos direitos de transmissão, de modo que as produtoras não sejam recepcionadas com royalties. Se um programa é famoso, ele funciona para a Netflix, porque capta as recompensas de toda visibilidade. Entretanto, se um programa não se tornar um sucesso, a Netflix já paga pelos direitos do estúdio de desenvolvimento.

Problemas na negociação e política de streaming

Além disso, a plataforma frustrou os executivos por conta de sua política de assegurar os números de visualizações em segredo. O site não partilha esses dados com nenhum de seus parceiros, e os entrevistados asseguraram que dificulta a negociação de melhores acordos com a plataforma. Ou seja, se os estúdios não souberem de seu processo do programa, não poderão negociar tão facilmente o dinheiro para novas temporadas ou projetos.

Patrocinado

Além do mais, a indústria de anime está acomodada a receber com shows, além de videogames, mercadorias e lançamentos domésticos. O modelo de negócios é multifacetado, porém a Netflix cuida apenas com streaming. Isso transforma o público potencial de um determinado programa restrito, e uma pessoa entrevistada compartilha que é difícil desenvolver um anime de sucesso para a Netflix. “Teria sido difícil para o Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba se tornar o grande sucesso que seria se fosse distribuído apenas por streaming”, eles disseram.

Afinal, em conta das taxas mais altas e grande números, a plataforma tem um receio em se comprometer. A inédita fonte de divisão é atraente, e tem sido um sucesso para alguns shows. Por outro lado, no grande esquema, a indústria de anime confessa que necessita de mais dados da Netflix antes de investimentos no site.

E o que você acha sobre o modelo de produção da Netflix? Deixe-nos ligado deixando seu comentário abaixo!

Patrocinado