Patrocinado

Hades: Emergindo e Morrendo.

Ao mundo dos vivos.

Hades é um jogo roguelike de RPG de ação, desenvolvido e publicado pela Supergiant Games. O game tem como premissa fazer com que o protagonista Agreus o filho de Hades fuja do Tartaro, com muita ação, uma trilha sonora impecável e um sistema de progressão impressionante, Hades prova ser uma joia neste ano de 2020.

Patrocinado

O game dos mesmos criadores de Bastion, Transistor e Pyre é repleto de ação, visuais fantásticos e um roteiro de deixar muitos games triple A com inveja. Chegando de surpresa o jogo rapidamente fez uma grande fanbase em volta de seu estilo unico, humor acido e afiado sem falar da gameplay que implementa a morte como uma parte da narrativa, não é atoa que o game desponta como um dos favoritos a ganhar muitos prêmios.

Leia também – O príncipe Dragão: Uma Série Obrigatória.

Hades chega ao Nintendo Switch ainda esse ano - Jogazera

O inferno mais lindo.

O game é visualmente impressionante, com salas geradas randomicamente, Hades proporciona uma jogatina única  para cada pessoa que se aventura pelo Tártaro, mas certamente a arte do jogo se destaca, pois mesmo com salas randômicas o artista Jen Zee, conseguiu imprimir uma personalidade viva ao reino dos mortos.

Patrocinado

Cada pedaço do Tártaro é detalhada a níveis surreais, e a escolha estética entre o cartoon e o grego clássico da um tom único para o jogo. Mas o que mais impressiona é que os personagens reagem aos seus ambientes com o protagonista comentando sobre aonde ele esta e com quem ele esta.

Sem duvida Hades possui um toque extremamente perfeccionista em como ele se ambienta, pois ao fazer o personagem percorrer varias vezes o reino dos mortos sempre com algo novo acaba por criar uma vontade de trilhar mais e mais cada canto do game oque certamente valoriza o titulo em gameplay.

Slideshow: Hades - Imagens

De tirar o folego.

Hades possui uma quantidade gigantesca de personagens icônicos. Zagreus, Thanatos, Nix, Aquiles, Orpheu e tantas outras figuras mitológicas fazem presença não como easter eggs, mas sim como personagens orgânicos e impressionantes. Sem duvida a Supergiant colocou a alma do jogo em como os personagens interagem com Zagreus e como ele interage de volta. Entretanto isso é a ponta do iceberg de Hades que oferece horas de diálogos com a maioria dos personagens  e missões que liberam afinidade com eles.

Zagreus esta em casa, então ele trata todos os que estão a sua volta muito bem e os mesmos retribuem isso. Tretas, rivalidades, romances e até cuidar da reforma da casa de zagreus, é possível ficar um bom tempo focado em explorar os personagens e esquecer da campanha principal.

Mas não se engane, pra poder ver isso tudo, terá que morrer muito para coletar itens especiais, e isso sempre faz esse universo ser vivo. Mesmo que Zagreus morra ele sempre volta e isso é implementado como uma forma da narrativa andar.

Cada interação é orgânica e você sente como os personagens se importam uns com os outros. Zagreus cuida de seus amigos, e nunca desrespeita os habitantes do reino de Hades, bom, tirando o próprio Hades.

Imagem

Uma ideia inovadora.

Ao contrario de outros jogos aonde a morte é o fim de tudo, em Hades a morte faz parte de uma rotina, morrer é necessário. Certamente  de inicio pode parecer frustrante, mas depois de se acostumar o game mostra a que veio.

Ao jogar Hades temos a sensação de que nada para, tudo continua em movimento e mesmo que você ache que viu tudo o jogo muda. Essa sensação única de Hades prende o jogador em um roteiro bem amarrado e divertido que oscila entre divertido e desafiador.

O jogo não tem pena de ser difícil e te obriga a aprender como melhorar para passar dos desafios. Mas não se engane, Hades esta longe de ser injusto, pois tudo que ele pede é que  jogador  desenvolva um estilo efetivo para vencer.

 

 Conclusão

▷ Hades: Como romance com personagens

 

Hades é uma joia, gameplay fluida, história bem escrita e com uma progressão inovadora trazem sem duvida um dos melhores games de todos os tempos. Jogar Hades é uma experiência única que oferece visual, musica e narrativa de primeira qualidade sem duvidas.

O Compositor Darren Korb com um trabalho primoroso trouce batidas místicas e pesadas, mas em momentos chave soube ser doce e tenro. Certamente o game não seria o mesmo sem ele, a canção de Orpheu e Eurídice é uma das mais lindas que eu já ouvi.

O sentimento de que Hades nos dá um mundo inteiro para explorar e fascinante. Mas o conjunto da obra reflete nas tantas indicações a prêmios incluindo de jogo do ano com outros gigantes triple A da indústria.

Hades é mais uma vez a prova de que uma boa ideia bem executada pode bater de frente com qualquer coisa.

Nota final: 10/10

Espero que tenham gostado, comentem oque acharam de Hades e não esqueçam de curtir a pagina do Consciência nerd no Facebook, se cuidem e Per áspera Ad Astra.

Stay Safe

Patrocinado