Patrocinado
Homem-Aranha: Longe de Casa

Homem-Aranha: Longe de Casa desencadeia mais um filme com o cabeça de teia

Vínculo entre Sony e Marvel continuaria se a obra Homem-Aranha: Longe de Casa atingisse a marca de US$ 1 bilhão

A princípio, Homem-Aranha: Longe de Casa superou a meta de bilheteria mundial de US$ 1 bilhão.

Patrocinado

Em suma, tudo aponta que a nova marca atingida assegurou mais uma obra para a continuação.

Então, o contrato entre Sony e Marvel se manteria caso o novo filme fosse além do valor que estaria presumido.

Senão, os direitos reservados do personagem seriam monitorados somente pela própria Sony.

Patrocinado

A sequência constelada por Tom Holland e Jake Gyllenhaal, é a primeira execução do herói a passar dessa decorrência na bilheteria. É lembrável que, a obra é agora a segunda maior bilheteria do histórico da Sony.

Em síntese, o novo Homem-Aranha não está no planejamento da Marvel para o estágio 4 – na San Diego Comic-Con.

É denotado pelo estúdio, o calendário de lançamentos para esse ano e 2021. Não surgiu qualquer citação a Peter Parker, se os gabinetes apresentarem o capítulo de finalização dessa trilogia, as informações previstas é que ele esteja composto no estágio 5, em companhia do Blade de Mahershala Ali.

Contudo, a trama da nova obra é mais previsível devido a J.Jonah Jamson divulgar a identidade do Homem-Aranha e, põe o amigo da vizinhança em um rival para o posicionamento público. Com a ausência do amparo de algum adulto responsável, Peter terá que ser maduro e conseguir confrontar esses problemas.

Patrocinado