Patrocinado
Dicas para melhorar a interpretação

Como melhorar sua interpretação em RPG de mesa

Um dos grandes vilões de toda mesa de RPG é a falta de interpretação, viver seu personagem. Como criar um personagem memorável? Lembrando que essas dicas são para iniciantes e aborda apenas a parte da atuação em jogo.

Patrocinado

Leia também: 10 maneiras de iniciar uma campanha em Dungeons and Dragons

Criação do personagem

Muitos pensam que a interpretação começa no início da sessão. Mas o que poucos sabem é que esse processo começa na criação do background. Pense em algo diferente, escreva os gostos pessoais, se ele gosta de frio, odeia calor, se tem alguma alergia ou se simplesmente ronca enquanto dorme. Acrescente pequenos traços a sua personalidade.

Se seu personagem é algo mais na pegada de Bruce Wayne, tente colocar detalhes mais sérios. Um certo cheiro lembra o perfume que sua mãe utilizava, ou que simplesmente segue um código de ética do seu falecido pai.

Patrocinado

Crie algo semelhante a você

É compreensível que muitos querem viver vidas totalmente opostas no rpg. Quem nunca sonhou em ser um caçador frio e impiedoso, arrebatando criaturas a ganhando respeito pelo medo, mas o que atrasa muitos jogadores é trilhar um caminho totalmente oposto aos princípios do Personagem.

Se você é um jogador mais brincalhão e ama uma boa galhofa, não desenvolva algo tão sombrio, pois, uma hora ou outra você não vai aguentar e fazer muitas graças durante a partida. Uma estratégia que utilizo para meus personagens sérios, mas realizando uma boa galhofa é colocar transtornos de personalidade, assim você pode ser sério nos momentos de tensões e sempre caçoar o companheiro quando der.

Toques

Uma coisa que faz seu personagem ganhar vida e ser memorável, criar hábitos e manias, se você tem um mago de idade, faça ele tossir às vezes ou olhar o retrato de sua filha em um relógio de bolso. Se você possui um guerreiro faça ele ter um jeito de matar suas vítimas, uma marca para que todos do reino vejam que ele passou por lá. Lembrem-se que quanto mais manias e hábitos seu personagem obter, mais memorável e único será.

Aproveitar de sua aparência

Já joguei com um Golias Bárbaro, ele era um monstro, sem dúvidas o mais forte da equipe, mas sua interpretação ficava presa, focado em apenas atacar e encerrar o combate, devido o alto nível de poder. Contudo, algo que acontece muito, principalmente com os iniciantes, é a falta de aproveitamento do seu personagem. Se ele é alguém de estatura alta e musculoso, você pode erguer pessoas, intimidar com mais facilidade ou levantar objetos maiores para jogar, vai da sua imaginação. Algo que é bom colocar em seu personagem é uma característica envolvendo seu físico. Se você é alguém alto e forte, biologicamente é necessário comer mais.

Usar sua aparência no role play facilita sua criatividade, sempre pense como o mago e nunca como o jogador, afinal de contas, você esta vivenciando outra vida.

RPG

Metagame utilizado para o bem

O pesadelo de muitos mestres e jogadores. Geralmente isso ocorre quando você cria um personagem mais galhofa, você acaba utilizando piadas internas para participar do seu repertório de piadas ou brincadeiras. Pode até ser engraçado às vezes, mas isso acaba estragando toda imersão da mesa, além de fazer você esfriar para interpretar seu personagem, todos os jogadores e até mesmo o mestre acaba saindo da sua zona narrativa.

Uma coisa que é bom utilizar para uma boa brincadeira e no próprio game, se por acaso você sabe que o mago é orgulhoso e teimoso, faça piadas encima disso, mas cuidado, bola de fogo é dano em área. Não passe dos limites ou vai acabar morto pela própria equipe.

Não misture o pessoal com o profissional

Um dos maiores erros que ocorre em uma mesa, é não saber separar o sentimento da realidade com o game. Às vezes o paladino é amigo ou irmão do jogador do ladino, e acaba fazendo vista grossa para evitar conflitos. Por mais que isso seja algo bom para a relação dos jogadores, você erra muito em fazer isso. Seu personagem acaba perdendo a essência, esqueça que está jogando com seu amigo, irmão ou namorada. Pois, seu personagem gradualmente acaba perdendo o respeito entre os jogadores. Da mesma forma se você for um ladino, não vai deixar de roubar alguém devido ao paladino, o segredo é saber o momento de agir.

Você deve lembrar que está jogando com um guerreiro, paladino, mago ou um druida. Viva e se divirta por seu personagem, nada como uma boa música para ajudar e se o mago aborrecer encha ele de porrada! Até a próxima.

Patrocinado