Patrocinado
the walking dead

The Walking Dead: Personagem tinha outro destino brutal

A série mais amada do gênero, The Walking Dead, em suas últimas temporadas estavam parecendo com a série Game Of Thrones, devido à morte de personagens amados pelos fãs. O destino de Beth Greene (Emily Kinney) iria ser totalmente mais brutal. O personagem, Axel (Temple de Lew) comentou em um podcast para Talk Dead to Me a respeito do destino do personagem.

Patrocinado

Leia também: CEO da AMC Networks ressalta que The Walking Dead vai perseverar por décadas

Eu apareci com a idéia de ser um serial killer e um mau pressentimento e, no dia seguinte, recebi uma nota para mudar isso. Não, não, temos que aliviar um pouco as coisas, estamos muito sombrios. A cada episódio, os roteiristas vinham até mim e diziam: ‘Olha, temos outra coisa acontecendo no caminho. Essa outra coisa vai acontecer, onde você não é quem você está revelando. E eu estou tipo, tudo bem. – Mas não exagere muito nisso. [Eu disse]: ‘Na verdade, não vou revelar nada disso, porque você me contou muitas coisas, e até agora o que estou fazendo é a única coisa verdadeira.

Houve alguns episódios que foram escritos em que eu levo Beth para a floresta e a matei. E assim não chegamos a nenhum deles. Foi por isso que eu continuei, ele iria se desfazer e ser totalmente tatuado por Henry Rollins. A coisa toda sobre ser um viciado em drogas era toda uma fachada, a coisa sobre a pistola de água e a pistola é tudo besteira.

Sem dúvidas a decisão foi correta, afinal de contas, Beth teve uma morte rápida e indolor e na época causou tristeza nos fãs, seria trágico se a personagem tivesse um destino tão cruel assim. Mas o que acabou da decisão tomada pelos diretores? Deixe sua opinião.

Patrocinado