Patrocinado

O novo vilão da Mulher-Maravilha é apresentado no anual 3

Decerto há muito tempo a Mulher-Maravilha tem sido um símbolo de paz na DC Comics, embora ela lute quando deve e trabalhe com agências de guerra como a ARGUS, sempre foi para salvar vidas, contudo o novo vilão da heroína é uma pessoa dedicada totalmente a guerra.

Patrocinado

No anual 3 de Mulher-Maravilha, a DC Comics apresenta a imagem no espelho da heroína, uma vilã dedicada à guerra. A parte trágica de sua história é que a Mulher-Maravilha ajudou na criação desse novo vilão.

Leia também: DC Comics pode substituir os heróis principais por sucessores.

O texto abaixo contem spoilers da terceira edição anual. Helen Paul, uma agente da ARGUS, quando menina, a Mulher Maravilha resgatou Helen de terroristas durante um ataque ARGUS. Helen perdeu os pais naquele ataque, mas a Mulher-Maravilha a colocou com dois agentes aposentados da ARGUS como sua nova família. A Mulher-Maravilha permaneceu na vida de Helen quando Helen cresceu e se juntou à ARGUS. Agora, Helen luta ao lado da Mulher Maravilha quando a heroína participa das missões da ARGUS.

Patrocinado

O vilão Leviathan, continua na história, o mesmo revelou a verdade para Helen. Seus pais não foram mortos por terroristas. Certamente eles eram terroristas, líderes de uma célula dos Filhos da Liberdade. Contudo, Helen é apenas filha de nacionalistas brancos. Ela também é descendente de Gudra, uma das Valquírias travada em uma longa disputa com as Amazonas.

o-novo-vilão-da-mulher-maravilha-é-a-Warmaster
Warmaster DC Comics

Enfim, Leviathan convence Helen que a guerra está em seu sangue e que a Mulher Maravilha a manipula há anos. De tal forma que o vilão revela o verdadeiro nome de Helen, Paula Van Gunther, e a convence a assumir seu manto como Warmaster.

Enfim, o que achou da nova vilã que lutara contra a amazona? Deixe nos comentarios a sua opinião.

Patrocinado